Aprenda combater alergias usando óleos essenciais

Alergias podem ser bem desconfortáveis e prejudicar nossa rotina.

Elas costumam aparecer na primavera, verão ou outono. Ao primeiro sinal de espirros, coceira no nariz e na garganta, olhos lacrimejantes, nariz entupido e até erupções cutâneas, fique alerta. A alergia pode ser tratada convencionalmente, mas muitas pessoas optam pela aromaterapia para obter melhores resultados de uma forma natural.

A causa da alergia pode vir da própria natureza ou de agentes químicos. É o corpo em defesa do que ele considera que pode ser um ataque, manifestado pelos sintomas descritos acima.

Quando a pessoa está muito estressada, ela pode vir a sofrer de um ataque de espirros. A ansiedade piora estes casos. O uso de aromaterapia ajuda a acalmar nestas situações, sendo muito empregado em massagens relaxantes, acupuntura e shiatsu.

Os sintomas desconfortáveis também são provocados pela alimentação, antibióticos ou pesticidas presentes em plantas.

O uso das essências

A aromaterapia age para atenuar as reações alérgicas. Os mais usados são de maçã, lavanda, melissa e tea tree.

Também são usados na forma de creme para aliviar as áreas do corpo que estão irritadas. A inalação oferece bons resultados. Há outras essências que são bem recomendadas: bergamota, rosa, jasmim, sândalo e ylang-ylang. São indicados seu uso como óleo corporal, banhos aromáticos, inalações ou compressas sobre a zona atingida.

Pessoas com asma podem se beneficiar da aromaterapia. Para isto basta aspirar diretamente o óleo ou pingar algumas gotinhas em um pano. Vapores quentes não são indicados já que há o risco de queimar as mucosas. Massagear o peito e costas com óleo de oliva ou amêndoas misturado com algumas gotas de óleos essenciais surte bons efeitos.

Use a aromaterapia ao seu favor e conquiste mais qualidade de vida.

Também Recomendamos

Deixe uma resposta