Remédios naturais para anemia

A anemia ocorre quando as hemácias ficam abaixo do normal. Conheça alguns remédios naturais para combater o problema.

Sob determinadas condições, o volume de hemoglobina é reduzido, condição determinada pelo nível de células vermelhas (hemácias) no sangue: esta é a definição de anemia. Estas células são responsáveis pelo transporte de gás oxigênio para todos os tecidos do organismo. Com esta diminuição, todas as funções do corpo humano ficam comprometidas.

Isto determina o tratamento urgente da anemia, para que não haja comprometimento de funções orgânicas vitais. A matéria-prima necessária para a produção de hemoglobina é constituída por proteínas, ferro e vitaminas B9 (ácido fólico) e B12. Portanto, entre os remédios naturais para corrigir o mal, o principal é a alimentação adequada.

As causas da anemia

Entre as causas determinantes da anemia, as principais são:

• déficit no consumo de alimentos ricos em vitaminas do completo B e, principalmente, de ferro e vitamina C, nutriente que ajuda o fixar o ferro no organismo;

• sangramento excessivo, ocasionado por uma cirurgia, trauma, hemorragias, úlceras gástricas ou duodenais e outras condições médicas;

• doenças crônicas, como lesões no fígado, reumatismo e artrite, disfunções da tireoide, insuficiência renal, distúrbios ginecológicos e obstétricos e diversos tipos de câncer.

Em qualquer situação, a anemia pode ser constatada por fraqueza física, perda de apetite, falta de concentração e de memória, zumbidos nos ouvidos, mãos e pés frios, palpitações, dores de cabeça e palidez da pele e das mucosas. A enfermidade é diagnosticada através de exames de sangue.

Os remédios naturais

Na maioria dos casos, o problema é determinado pela carência de ferro na nutrição: é a anemia ferropriva. Desta forma, os melhores remédios naturais para evitar e tratar a anemia são pequenas alterações na dieta do dia a dia.

A sopa de ervilha partida é excelente para combater a anemia, especialmente quando temperada com cebola (um pacote de ervilhas para uma cebola média). Os anêmicos devem procurar ingerir ao menos uma porção diária do alimento.

A beterraba é também uma boa fonte de ferro. O vegetal pode ser consumido cru, refogado com alho, em purês, sopas ou sucos. Menos comum entre os brasileiros, a toranja também ajuda a combater a anemia: um copo de suco mantém os níveis adequados do sal mineral.

A sopa de alho também é indicada. Refogue seis dentes de alho em meia xícara (chá) de azeite. Adicione duas fatias de pão amanhecido e meia colher (chá) de colorau (retire do fogo rapidamente, para não queimar a especiaria). Junte meio litro de água quente e volte a cozinhar por meia hora, ou até obter um caldo ralo.

Mais receitas

Sopa de beterraba, couve e cenoura

A beterraba e a couve entram com o ferro e a cenoura, com a vitamina C. Para preparar a sopa, você vai precisar de:

• duas beterrabas;
• três cenouras;
• três folhas de couve-manteiga com os talos;
• um litro de água.

Pique os ingredientes e bata tudo no liquidificador. Coloque em uma panela em fogo brando, até que a mistura comece a ferver. A sopa também pode ser consumida crua, adoçada com mel (nunca com açúcar refinado).

Suco de abacaxi e couve

Aqui, o abacaxi é a fonte de vitamina C. Você vai precisar de:

• três rodelas de abacaxi;
• três folhas de couve;
• um litro de água.

Todos os ingredientes devem ser batidos no liquidificador. Para melhorar o gosto, pode ser acrescentada uma colher (chá) de mel. Este suco pode ser ingerido 30 minutos antes das refeições, para aumentar a absorção dos nutrientes.

Chá de urtiga

Apesar de ser conhecida por queimar a pele de quem nela encosta, a urtiga apresenta diversas propriedades medicinais: é útil para tratar hemorragias, anemia, insuficiência hepática, artrite, gota, distúrbios urinários e muito mais.

A planta, que é rica em ácidos fólico, fórmico e málico, cálcio, clorofila, ferro, potássio, quercetinas, rutina e silício, é adstringente, desintoxicante, diurética, anti-histamínica (combate alergias) e também contribui para o aumento da produção de leite materno. As raízes, folhas e flores secas concentram maiores teores de nutrientes.

O preparo é simples: ferva um litro de água, desligue o fogo e adicione uma colher (sopa) de urtiga. Tampe o recipiente e deixe descansar por dez minutos. Para combater a anemia, este chá deve ser ingerido três vezes por dia.

Os vegetais escolhidos

• A beterraba é especialmente indicada para quem sofre de anemia ferropriva. Rica em ferro, é também fonte de fibras, cálcio, enxofre, potássio e vitaminas A e B.

• O melaço é considerado uma potência nutricional, um verdadeiro suplemento alimentar. Uma colher (sopa) de melaço corresponde a 15% das necessidades diárias de ferro do organismo. Além disto, é uma boa fonte de vitaminas do complexo B.

• A romã é rica em vitamina C, ferro, cálcio e magnésio. Por se tratar de uma fruta sazonal, ela pode ser aproveitada apenas durante o verão.

• O espinafre, assim como outros vegetais verde-escuros, como a couve e o brócolis, é um dos principais remédios caseiros para anemia. Além do ferro (meia xícara de chá satisfaz as necessidades nutricionais diárias de um adulto), as folhas são ricas em vitaminas B9 e B12 e podem ser aproveitadas em sucos, saladas, refogados, tortas, etc.

• A maçã também é boa fonte de ferro, um excelente complemento para o tratamento da anemia. As maçãs-verdes apresentam uma concentração maior do mineral, que é encontrado principalmente na casca da fruta.

Também Recomendamos

Deixe uma resposta