Remédios naturais para gripe

Vitamina C e cama” é a recomendação mais comum, mas há outras opções de remédios naturais para gripe.

Na verdade, a vitamina C nada pode fazer em benefício de uma pessoa gripada. O nutriente é fundamental para fortalecer o sistema respiratório e impedir as infecções nas vias aéreas, mas, uma vez instalada a infecção, ele é totalmente ineficaz.

A cama, por outro lado, é uma indicação correta: o repouso durante uma gripe reduz a sensação de mal-estar, atenua dores musculares e nas articulações. Não existem medicamentos para combater a gripe, apenas os sintomas; enquanto o organismo não desenvolver formas de combater o Influenza (vírus responsável pela doença, dotado de extrema capacidade de mutação), o ciclo da enfermidade – de três a sete dias – seguirá invencível.

A gripe

Trata-se de uma doença do sistema respiratório, geralmente de caráter benigno, mas que pode trazer complicações. A principal delas é a pneumonia, que exige tratamento específicos e, em raros casos, provoca a morte, especialmente quando o Influenza sofre mutações drásticas (como ocorreu com a gripe espanhola, a gripe aviária, etc.).

A gripe geralmente tem início com febre alta (acima dos 38°C), seguida de dores musculares, dor de garganta, espirros, tosse seca e dor de cabeça. O mal-estar geral é outro sintoma da gripe. A febre se mantém durante três a quatro dias e é a principal responsável pelo cansaço, falta de apetite e outros sinais secundários.

Como já foi dito, não existem medicamentos para combater a gripe. Analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios e descongestionantes apesar aliviam os sinais da doença. Quando uma pessoa diz que “está ficando gripada”, o processo infeccioso já está instalado no organismo e seguirá sem curso até que a nova cepa de vírus se torne benigna.

Os primeiros indícios da gripe surgem de forma repentina: são a febre, vermelhidão no rosto, cansaço e dores musculares. A partir do segundo dia da infecção, os sintomas do corpo tendem a diminuir, enquanto as complicações respiratórias se tornam mais evidentes.

O inverno é a estação do ano em que ocorre o maior número de casos de gripe e, no período imediatamente anterior, têm início as campanhas de vacinações contra algumas formas do vírus. A imunização gratuita, no entanto, é restrita a alguns grupos, como profissionais da área de saúde, grávidas, lactantes, crianças pequenas, idosos e portadores de doenças imunossupressoras.

Felizmente, os remédios naturais para gripe são bastante eficientes na manutenção da saúde e a redução dos riscos de complicações.

Limão e mel

Este suco proporciona grande alívio para as dores de cabeça, garganta, articulações e musculares. O mel reduz a tosse, por melhorar as irritações da laringe e faringe e tem efeito antibiótico natural. O sumo de limão combate radicais livres, reduz o mau colesterol (LDL) e diminui a prostração e o desânimo.

A mistura auxilia a superar gripes e resfriados. Esprema o sumo de meio limão e acrescente duas ou três colheres (sopa). Tome colheradas durante todo o dia, para que o repouso noturno se torne mais adequada e energizante.

O alho

Bastante comum na culinária, o alho faz parte de alguns remédios naturais para gripe. Os dentes de alho são fitoterápicos importantes no combate às infecções em geral. O vegetal atua diretamente no fortalecimento do sistema imunológico. O alho também age no controle da pressão arterial.

Descasque um dente de alho, corte-o em três o quatro pedaços e coloque-o em um copo com água. Cubra e deixe a mistura descansar por 30 minutos. Durante o dia, beba alguns goles da água, repondo-a de tempos em tempos (e repetindo o descanso). Os resultados em apenas um dia são surpreendentes.

Limão, alho e mel

O consumo excessivo de açúcar refinado, o mais comum entre os brasileiros, reduz as resistências orgânicas e facilita a infeção pelo Influenza e também por rinovírus responsáveis pelos resfriados. Por isto, é importante dar preferência para outros adoçantes naturais mais nutritivos, como o açúcar mascavo ou demerara, o mel e a stévia.

Para preparar este chá, você vai precisar de:

• sumo de quatro limões;
• dois dentes de alho descascados e esmagados;
• mel a gosto;
• 200 ml de água.

No liquidificador, bata a água, os dentes de alho e o sumo de limão até obter uma mistura fina e homogênea. Despeje em uma panela, aqueça sem deixar ferver, retire do fogo e acrescente o mel. Beba metade do chá antes do almoço e do jantar. Além de atenuar os sintomas da gripe, este mix melhora o apetite – e a nutrição não deve ser menosprezada nos processos infecciosos, como os da gripe e do resfriado.

Outras receitas

Existem muitos outros remédios naturais para gripe:

• chá de gengibre – corte um pedaço de quatro centímetros da raiz e depois pique o gengibre. Em uma panela, aqueça um copo (200 ml) de água, acrescente o gengibre, o sumo de um limão e mel a gosto. Não deixe ferver, para não perder as características nutricionais dos ingredientes. Espere amornar e tome o chá duas vezes por dia;

• chá de pimenta – aqueça 200 ml de água em uma panela e adicione uma colher (chá) de pimenta-do-reino preta. Não deixe ferver. Este chá não deve ser tomado; serve apenas para fazer gargarejos (de preferência pela manhã) e elimina dores de garganta, tosse e espirros;

• se for possível encontrar equinácea, tília, sabugueiro ou verbasco, todas estas ervas são uteis para tratar a gripe. Ferva duas colheres (sopa) da planta em 200 ml e beba a infusão ainda morna. O ideal é tomar o chá 30 minutos antes das refeições.

Também Recomendamos

Deixe uma resposta